Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Fundação Cultural

09/07/2014 - Exposição “Casarões &Casebres” mostra obras de arte em miniatura

A mostra dos artistas José Eduardo e Sandra Monteiro será aberta ao público no próximo dia 10 e se estende até dia 30

A Fundação Cultural de Uberaba organiza mais uma exposição para a Galeria de Arte Rachel Machado – Casa da Cultura. A abertura de “Casarões & Casebres”, dos artistas José Eduardo e Sandra Monteiro, será no próximo dia 10 (quinta-feira), às 19h30. As obras -- maquetes em miniatura de cartões postais de Uberaba -- ficarão expostas de 10 a 30 de julho. Essa inauguração estava prevista para ontem (8), entretanto, a mudança se deu em razão do jogo do Brasil.

José Eduardo é conhecido pela sua arte, feita de forma artesanal em caixas de papelão, criando verdadeiras obras de arte em miniaturas. A maioria de suas miniaturas são bens tombados pelo patrimônio histórico e retratam a beleza do patrimônio de Uberaba.

Para realizar suas obras, que são maquetes em miniatura, os artistas José Eduardo e sua esposa Sandra Monteiro se inspiram na beleza das construções antigas de Uberaba. Algumas são verdadeiros cartões postais de Uberaba, como a igreja Santa Rita, Catedral e Parque Fernando Costa, entre outros. O destaque é sempre da arquitetura e da história de Uberaba.

Nascidos em São Paulo (SP), José Eduardo e Sandra Monteiro  residem em Uberaba desde 2001, vindos de São Paulo, onde trabalhavam com decoração de revestimentos. Já envolvidos com arte como hobby, óleo em tela, trabalhos em telhas e casas de abajur feitas em papel paraná, eles decidiram viver em Uberaba exclusivamente da arte. Começaram a fazer maquetes decorativas em 2001 e sua arte foi vista. Começaram a procurar entidades ligadas à arte e logo recebeu convite da Casa do Artesão para expor. A partir daí surgiu a ideia de surpreender o público com uma exposição reproduzindo alguns casarões da cidade, pois não conhecia ainda os pontos turísticos. José Eduardo optou por reproduzir os imóveis que despertam nele grande encantamento.

“Aceitamos o desafio e decidimos além das casinhas abajour, fazer algumas réplicas de casarões da cidade. Durante a exposição, a ceramista Ivani Bessa lançou outro desafio – que fizéssemos alguns produtos menores para venda ao consumidor. Seguindo o conselho, começamos a elaborar o projeto no qual a matéria prima eram caixas de papelão, massa e tinta. E começamos a criar a linha de mini comércios, entre eles sebo, cozinha caipira, boteco e quitanda. Atualmente são mais de 50 modelos produzidos por mim, como a construção de prédios. Já a Sandra constrói os acessórios internos feitos através de materiais reciclados, papelão, lâmpada do pisca-pisca já queimada, retalhos de tecidos, dentre outros”, explica José Eduardo.

Os artistas também criam com os mesmos materiais: vasos, flores, bonecas, oratórios, réplicas de casarões... E contam que, após participarem da Feira Nacional de Artesanato “Mãos de Minas”, começaram a surgir lojistas interessados em comprar seus produtos. Assim, o trabalho deles foi reconhecido em todo o país e hoje tem representantes em vários estados brasileiros, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Alagoas, Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia, Santa Catarina, Minas Gerais e outros.

Eles também participaram de um projeto de certificação, o Selo IQS (Instituto de Qualidade Sustentável), realizado pelo Centro de Capacitação (Cape), que qualifica o artesão e seu produto nas modalidades “ecologicamente correto”, “socialmente justo” e “economicamente viável”. E foram treinados para manter os padrões proporcionando ao produto um mercado mais abrangente no Brasil e no exterior.

 

Copa do Mundo e Arte

E as obras impressionam tanto que José Eduardo foi um dos selecionados para enviar suas miniaturas para todas as sedes das seleções que vieram participar da Copa do Mundo. Assim, a produção do casal está ganhando o mundo, com os turistas levando verdadeiras obras de arte para seus países.

José Eduardo e Sandra já receberam várias premiações, como no panorama de artes de Uberaba, com peças contemporâneas, projeto Triângulo das Artes, em Uberaba; concurso Mega Artesanal; quatro catálogos Artesanato Mineiro Sebrae e prêmio Top 100 do Sebrae 2ª edição, entre os 100 melhores artesões do Brasil.

“Nossas peças são inspiradas em construções antigas com pinturas desgastadas, como antigamente, quando a tinta popular era a base de cal. Em muitas destas obras, a parte interna possui detalhes que nos remetem ao passado, trazendo toques de nostalgia”, diz Sandra Monteiro. É o caso dos empórios, vendas, mercearias onde se encontravam de tudo para comprar e é fielmente reproduzido pelos artistas. Também foram desenvolvidos outros tipos de comércios e escritórios, sempre mantendo a estrutura externa com o visual antigo.

“O maior prazer de tudo isso é o olhar do espectador, que fica encantado com os detalhes e muitas vezes fazem referências às lembranças da infância, de seu passado. Nossas dificuldades foram muitas no início e sempre haverá desafios. Nosso objetivo é continuar vivendo de nossa arte, sempre reciclando, aprimorando e buscando novos mercados, com humildade e respeito ao meio ambiente e ao próximo”, resume José Eduardo.

A inauguração da exposição “Casarões &Casebres” estará aberta à comunidade a partir do dia 10, às 19h30, na Fundação Cultural – Casa da Cultura. Ela se estende até 30 de julho.   

 
Jornalista Maria das Graças Salvador
Comunicação FCU

 
 
 

Outras Notícias: Fundação Cultural



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub