Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Gabinete

07/11/2017 - Prefeitura atuou para garantir a normalidade dos serviços públicos após ataque a Rodoban

Desde o início da madrugada o prefeito Paulo Piau esteve à frente da mobilização de secretários, no sentido de garantir a normalização de serviços públicos, como transporte coletivo, escolas municipais, atendimentos nas unidades de saúde, trânsito, entre outros, após ataque de criminosos a sede da Rodoban, no bairro Boa Vista. Fortemente armamos os bandidos usaram diversas táticas de intimidação contra a polícia, no sentido de garantir o sucesso da ação e a fuga. Devido ao trabalho da PM na perseguição e cerco aos criminosos, no primeiro momento, medidas de segurança foram adotadas pela prefeitura.


Conforme explica Piau, as primeiras ações foram para a Educação e Transporte Público. “A prefeitura tem seu papel, que não é trocar tiro com bandido, mas sim atuar na retaguarda. E por isso determinamos que os secretários, na sua área de trabalho, ficassem atentos para garantir a normalização dos serviços, dentro do possível e com segurança”, disse.


A secretária Silvana Elias alertou os profissionais da Educação sobre a situação, no sentido de evitar o deslocamento das crianças. “Tivemos escolas cujos profissionais conseguiram chegar e ficaram para receber as crianças. Mas também tivemos escolas que ficaram sem energia, sem internet, o que impossibilitou o atendimento. Mas de modo geral, o que percebemos é que mesmo agora à tarde, com a normalização do serviço e todas as escolas abertas, os pais optaram por não levar as crianças”, disse a secretária.


Já o superintendente de Transporte Público da Secretaria de Defesa Social, Trânsito e Transporte, Claudinei Nunes, explicou que os ônibus ficaram retidos no início da manhã para evitar trazer para o centro da cidade – área de conflito - a população, mas que também a partir da 7h o serviço foi normalizado.


No que tange a limpeza e recuperação dos locais de conflito, o secretário de Serviços Urbanos, Antônio Oliveira, explicou que desde o término do tiroteio estava com a equipe na rua – quase 100 servidores. Segundo ele, conforme as perícias técnicas da Polícia Federal e da Civil liberavam os locais, a equipe da Sesurb recolhia os pregos “miguelitos” (deixados nos locais para furar pneus) e fazia a manutenção do espaço.


Ainda na saúde, conforme informa o secretário Iraci Neto, alguns profissionais não conseguiram chegar ao local de trabalho e notou-se também um grande número de ausência de pacientes para as consultas agendadas. Ele explica que as pessoas que não puderam comparecer ou que não foram atendidas hoje devido à situação ocorrida terão seus atendimentos reagendados.


“Como prefeito, mas também como cidadão, marido, pai e avô, estou indignado, assim como toda a população de Uberaba. Realmente uma situação constrangedora e um verdadeiro trauma. Mas como prefeito temos que buscar solução, seja na prefeitura, no entorno, mas principalmente, com o Governo do Estado. O aumento do efetivo é um dos itens que sempre pedimos e que iria de forma efetiva nos ajudar. Uberaba tem que estar preparada para enfrentar este tipo de evento. Pedimos aos Deputados Estaduais, Tony Carlos e Antônio Lerin que viabilizem uma agenda com o governador Fernando Pimentel. Fizemos contato também com o governador por telefone e aguardamos seu retorno”, afirmou.

Jorn. Keila Riceto
Comunicação PMU

 
 
 

Outras Notícias: Gabinete



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub