Prefeitura

Gabinete

29/04/2017 - PMU lança Projeto Geoparque Uberaba para desenvolvimento do Turismo

A Prefeitura de Uberaba, a Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) e a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), e o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) lançam durante a 83ª Expozebu, o Projeto Turístico Geoparque Uberaba. Estruturado como um macro projeto turístico, o objetivo é de potencializar e estruturar a vocação turística de Uberaba, conhecida mundialmente como a Capital do Zebu e Terra dos Dinossauros do Brasil, sendo ainda referência pelo turismo religioso, cultural e de negócios.
 
Face a esta importância, foi escolhida pelo Serviço Geológico Brasileiro, instância máxima no país, para se tornar um Geoparque, termo atribuído à  Unesco para áreas singulares onde se faz necessário a valorização, conservação e divulgação dos patrimônios geológico, ecológico, histórico e cultural, pela humanidade.
 
Para o Prefeito Paulo Piau, o projeto trará oportunidades para o município. “Uberaba possui um potencial turístico imenso, ofertando museus, paleontologia, uma história rica do gado Zebu e a religiosidade do nosso povo. Esse é o momento certo para se pensar nessas iniciativas que promovem o desenvolvimento da cidade e que irá atrair movimento para o Turismo, gerando oportunidades”, aponta Piau.
 
O Geoparque Uberaba apresenta uma sólida fundamentação técnico-científica embasada em tese de doutorado, capítulos de livros e diversas publicações em revistas internacionais realizadas pelo geólogo Luiz Carlos Borges Ribeiro, que destacou o Geoparque como um macro projeto turístico que será importante em promover uma integração entre todos os valores turísticos da cidade, formatando um roteiro para que as pessoas conheçam todos os pontos e o que Uberaba tem de melhor a oferecer.
 
Dentro do projeto será criado e desenvolvimento 2 Geossítios: Peirópolis e Santa Rita e 3 Sitios Históricos-Culturais: ABCZ, Memorial Chico Xavier e Fazenda Cassu, compondo circuitos turísticos criados para promover as vocações da cidade.
 
A diretora de Turismo e secretária adjunta de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Anne Roy Nóbrega, destaca que o trabalho agora será de definir os grupos de trabalho que serão responsáveis pelos geossítios de interesse geológico e históricos culturais. “Será desenvolvido um diagnóstico de cada sítio, levantando o que cada ponto possui e o que precisa ser implantado para atender da melhor maneira possível o turista e a partir disso, buscaremos recursos para a implementação do projeto”, explica Nóbrega.
 
O projeto visa potencializar os valores turísticos de relevância nacional e internacional da cidade, com o intuito de passar a integrar a Rede Global de Geoparques da UNESCO, se tornando Patrimônio Natural da Humanidade. Esse reconhecimento é importante, tanto pela visibilidade internacional, quanto pela possibilidade do município aumentar o aporte de investimentos na região. É ainda um projeto de gestão territorial exemplar, pois gera emprego, renda, educação e desenvolvimento econômico sustentável.
 
O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, José Renato Gomes, explica que a secretaria está empenhada em investir nos temas de maior apelo para o Turismo da cidade, de forma que a alavancar a economia e oferecer aos uberabenses e visitantes, ambientes agradáveis para o lazer. “O importante desse projeto é criar um ambiente estruturado de maneira que em cada um dos sítios e geossítios as pessoas tenham acesso à informação quanto aos demais pontos turísticos. É importante também que a comunidade saiba aproveitar nossos potenciais, oferecendo passeios nas agências turísticas, ofertando o serviço de guia turístico e trabalhando a recepção em hotéis, restaurantes e lojas”, pontua Gomes.
 
A reitora da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Ana Lúcia Assis Simões destacou que a estruturação do geoparque será uma oportunidade de ampliar o espaço de ensino pesquisa e extensão da faculdade, de maneira que outros profissionais poderão estar inseridos nesse contexto. “Entendemos que está entre os papéis principais da universidade, contribuir para o desenvolvimento regional de Uberaba e essa será uma oportunidade para que possamos cumprir o papel de promotor e incentivador do município”, pontua Ana Lúcia.
 
O Presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ, Arnaldo Manoel Machado Borges, destacou a importância do gado Zebu, no cenário nacional e internacional da Pecuária, sendo ainda a responsável por abrigar a maior feira agropecuária do mundo. “Queremos que cada vez mais pessoas tenham a oportunidade de conhecer esse espaço e integrar um projeto como o Geoparque enriquecerá ainda mais a nossa história e de toda a cidade”, afirma Borges.
 
Jorn. Natália Melo
Comunicação PMU 

 
 
 

Outras Notícias: Gabinete



Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub