Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Gabinete

12/03/2016 - Piau discute com Temer ações para melhor produção de fertilizantes no Brasil

Juntamente com uma comitiva, Piau falou sobre as questões fiscais da produção de fertilizantes que impactam na negociação para venda da Planta de Amônia da Petrobras em Uberaba.  Vice-presidente garantiu mobilização imediata para a discussão de uma política de fertilizantes para o Brasil

O vice-presidente da República, Michel Temer, garantiu nesta quinta-feira (11) ao prefeito de Uberaba, Paulo Piau e comitiva, durante reunião em Brasília, que unirá esforços para criar uma política de fertilizantes para o Brasil. Segundo Piau foi repassado ao vice-presidente as dificuldades impostas aos empresários para a produção de fertilizantes, o que faz com que o país importe 75% do fertilizante que consume. Piau lembra que atualmente é cobrado, por exemplo, ICMS do fertilizante produzido no Brasil, enquanto o importado é isento.

“A cada tonelada de fertilizante produzido no Brasil, nós importamos 750kg. Isto significa que o Brasil está vulnerável sem seu maior negócio, que é onde equilibra a balança comercial, que é o agronegócio. Hoje importamos do Canadá, Rússia, China, Marrocos e outros, gerando renda e emprego lá”, avaliou.

Juntamente com o prefeito, estava o vice-governador de Minas Gerais, Antonio Andrade, o Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas, Altamir Rosô, o presidente do Poder Legislativo de Uberaba, Luiz Dutra, os presidentes da Fiemg, Nagib Facury e CDL, Fúlvio Ferreira. O Secretário Executivo do Ministério de Minas e Energia, Luiz Eduardo Barata, e André Nassar, Secretário de Política Agrícola também participaram do encontro.

Piau lembra que a venda da Planta de Amônia da Petrobras que estava sendo construída em Uberaba, depende de um avanço na política fiscal do país no que tange a produção. “É difícil ter comprador, pois os empresários brasileiros não estão estimulados para produzir. É preciso criar uma atratividade. A indústria brasileira quer igualdade de condições e não privilégio”, disse.

Segundo o prefeito, o vice-presidente determinou que as equipes dos Ministérios de Minas e Energia e da Agricultura, apresentem  estudos no próximo dia 30, em reunião que será realizada visando a continuidade da discussão.  Temer deve solicitar também a presença de representantes do Ministério da Fazenda.

“É um assunto importante, estratégico e de segurança nacional, pois envolve a soberania de nosso país. São 80 bilhões que o Brasil gasta importando estes produtos do exterior. E é a geração de milhares de empregos que deixam de ser criados aqui no Brasil e são criados lá fora. Isto é um prejuízo muito grande, além de ficar vulnerável no seu principal negócio. Agora precisamos de agilidade, sob pena do Brasil piorar esta relação de produção e produtores e assim diminuir empregos e a renda interna”, destacou, lembrando ainda que esta discussão começou com o ex-vice-presidente José Alencar, que na ocasião aumentou a produção brasileira, com a entrada da Vale e da Petrobras no ramo de fertilizantes.

O presidente da Câmara Municipal de Uberaba, Luiz Dutra, presente no encontro, pontua que foi uma reunião muito produtiva. “Há esperança grande de que sejam retomadas as negociações. O vice-presidente, Temer entendeu a situação como estrutural para o desenvolvimento do País e alavanca do agronegócio e a equipe técnica dos ministérios afins vão avaliar o caso. Estou confiante e acredito que pode avançar e concretizar este negócio tão importante".

Jorn. Keila Riceto

Comunicação PMU 

 
 
 

Outras Notícias: Gabinete



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub