Prefeitura Servi�os Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo

Gabinete

02/12/2013 - Governador de Minas anuncia Gasoduto totalmente mineiro

Investimento será da ordem de 1 bilhão e 800 milhões de reais.

O governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia, finalizou o imbróglio com relação à construção do Gasoduto em Uberaba e anunciou o investimento de US$ 900 milhões, equivalente a 1 bilhão e 800 milhões de reais para a construção do gasoduto saindo de Belo Horizonte, ou seja, totalmente mineiro.

“Hoje é um marco na história de Uberaba. São mais de 21 anos que o município aguarda por esse anúncio que mudará a realidade econômica e social do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba”, afirmou o Prefeito Paulo Piau.

O governador lembrou que inicialmente a ideia era que o gasoduto viesse do estado de São Paulo, porém um entrave da Agência Nacional de Petróleo – ANP discutindo a modalidade do Gasoduto, se seria de distribuição ou de transporte, travou o andamento do projeto. “Chegamos à conclusão que se ficássemos presos nessa armadilha nós poderíamos perder a fábrica, o que seria inadmissível. Após uma discutição essa semana na Petrobrás, foi decidida pela construção de um gasoduto totalmente mineiro, que virá de Belo Horizonte a Uberaba. Essa é a obra mais expressiva e estratégica em Minas Gerais realizada pelo Governo em muitos anos”, destacou Anastasia.

O gás irá atender a fábrica de amônia da Petrobras que será construída no Distrito Industrial III (DI-III), em Uberaba, em uma área de 1.086.535,44m². O governador destacou que a Fábrica de Amônia será estratégica não só para o município ou para o Estado, mas sim para todo o Brasil.

Foto: Sebastião Santos



Anastasia informou que de acordo com o protocolo assinado entre o Estado e a Petrobrás, a obra de construção do gasoduto estará pronta em maio de 2016, e a fábrica estará funcionando em novembro do mesmo ano. “No futuro o gasoduto poderá ter várias ramificações no trajeto de Belo Horizonte até Uberaba, contemplando mais regiões do triângulo Mineiro. Fizemos a opção mais cara, porém será um investimento inteiramente em território mineiro, portanto a vantagem estratégica dessa decisão foi decisiva”, afirma Anastasia.

Paulo Piau destacou que não poderia deixar de mencionar a participação do ex-vice-presidente da república, José de Alencar que foi quem chamou a atenção da Petrobrás para que esse investimento viesse para Uberaba. “Inicialmente, o município não estava cotado nos planos da Petrobrás. Porém, tendo em vista que Uberaba é o maior polo de fertilizantes da América Latina, o que estamos pedindo é mais do que justo e merecido para essa comunidade. Nós temos aqui 70% do fertilizante consumido neste país, portanto é um investimento mais do que merecido”, justificou Piau.

O prefeito lembrou que quando Rondon Pacheco foi governador de Minas ele tomou uma atitude semelhante a essa. “O Estado de Minas Gerais, com 300 milhões de reais, ficou sócio de uma empresa italiana, que é a Fiat, e na época, Pacheco foi muito criticado por essa decisão. Hoje qualquer governador tomaria a mesma atitude que ele tomou e é isso que estamos vendo aqui. O governador Anastásia tomou uma atitude própria dos estadistas”, expressou Piau.

Em agradecimento, o Prefeito Paulo Piau juntamente com sua esposa Heloisa Piau, entregou ao governador uma cruz onde estavam gravados os dizeres, Professor Anastasia - Governador Estadista – Anúncio Gasoduto – Uberaba 29.11.2013.

 

Jorn. Natália Melo

 
 
 

Outras Notícias: Gabinete



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Desenvolvido por: Codiub