Prefeitura

Gabinete

25/04/2013 - PMU, Cohagra e BB assinam contrato no valor de R$ 136 milhões para habitação

Dentro de sua proposta de construir 10 mil casas, o prefeito Paulo Piau, juntamente com o presidente da Cohagra, Wagner do Nascimento, assinou ontem (24), um contrato com o Banco do Brasil, no valor de R$ 136.305.000,00, visando à construção de 2.101 unidades habitacionais, divididas entre as três construtoras que serão responsáveis pelas obras, sendo elas: Nasman, Laterza e Quebec. O presidente da Cohagra destacou o trabalho que foi desenvolvido para que o projeto se efetivasse, destacando a parceria com o Banco do Brasil e também com as construtoras e a empresa responsável pela urbanização RCM.

O Residencial Rio de Janeiro, de acordo com representantes do Banco do Brasil, será o maior investimento habitacional do banco em Minas Gerais. O superintendente Júlio César Rodrigues agradeceu a confiança do governo no banco e afirmou que este será o primeiro de muitos investimentos na cidade.

O vice-prefeito Almir Silva, destacou o empenho da administração municipal em garantir a casa própria a todos os uberabenses. O vereador Tony Carlos, líder do Governo na Câmara, afirmou estar satisfeito com os rumos da administração, que está mostrando empenho, fazendo uma gestão ética e responsável. Ele também solicitou ao prefeito e ao Wagner a elaboração de projeto que contemple aposentados, viúvos e pessoas solteiras, nos moldes do que ocorre em outras cidades.

Ao falar sobre a conquista deste investimento, o prefeito parabenizou o presidente da Cohagra pela condução do projeto, lembrando que o governo quer valorizar os empreendedores da cidade, bem como garantir condições dignas para as famílias. Piau disse também que, junto com o Almir, tem um compromisso social de viabilizar projeto que possibilite pessoas carentes de adquirirem material de construção.

Também durante o evento, o prefeito Paulo Piau assinou projeto de Lei que será enviado a Câmara, retirando a exclusividade da Caixa Econômica Federal de ser a única gestora do Programa Minha Casa Minha Vida. De acordo com o projeto, as operações passarão a serem realizadas por bancos múltiplos, comerciais, sociedade de crédito mobiliário e companhias hipotecárias, inclusive, sociedade de economia mista que aja participação majoritária do Poder Público, desde que tais instituições ou agentes de crédito sejam autorizadas a operar o programa pelo Banco Central e Ministério das Cidades.

Dados – O Residencial Rio de Janeiro será construído em área de 792.600m² ao lado do Jardim Maracanã, sentido avenida Filomena Cartafina. Os três empreendimentos fazem parte do Programa Minha Casa, Minha Vida 2 (Faixa 1), cuja renda do candidato à unidade não pode ultrapassar R$ 1.600 (renda familiar). As unidades habitacionais atenderão inscrições já feitas na Cohagra, lembrando que as mesmas passarão por criteriosa avaliação, no sentido de atender o cunho social e beneficiar, realmente, quem precisa.

Junto como prefeito Paulo Piau e Wagner Júnior, assinaram o contrato, o superintendente do BB, Júlio César Rodrigues, os empresários Marcelo Zaidan (Nasman), Murilo Salge (Quebec), Nicolau Laterza (Laterza) e Silvio Castro (Urbanizadora RCM).

Estavam presentes ao evento os secretários Fernando Hueb (Gabinete), Wellington Cardoso (Governo), Denis Silva (Comunicação), Claudio Junqueira (Planejamento), Paulo Leonardo (Procuradoria), diretores da Cohagra e também do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba. Os gerentes do Banco do Brasil, Rogério Aguiar da Silva (agência Centro), Alexandre Aparecido Silva (agência Santa Marta) e Vera (agência Abadia).

 
 
 

Outras Notícias: Gabinete



Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub