Prefeitura

Gabinete

13/07/2012 - Prefeito agenda audiência para comerciantes de gás e água mineral discutirem resolução em Brasília

Prefeito Anderson Adauto manteve audiência em Brasília, com os diretores do Denatran – Departamento Nacional de Trânsito, nesta sexta-feira (dia 13), para apresentar reivindicação dos empresários do setor de água mineral e gás do município. Eles são contra a resolução 356/10 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que determina a utilização de sidcar acoplado nas motos para o transporte de água e gás.

O chefe do Executivo esteve reunido com o chefe da Assessoria Técnica, Morvan Cotrim, e com a coordenadora geral de Educação no Trânsito, Maria Cristina Hoffmann, a pedido do diretor geral Júlio Ferraz Alcoverde. Ficou definido que o secretário de Trânsito e Transportes Especiais, Ricardo Sarmento, e os representantes da classe serão recebidos pelos dirigentes do Denatran, em data pré-definida para 20, 24, 25, 26 ou 27 de julho. Anderson recebeu a informação que o município deve regulamentar o uso do sidcar, solicitando modelos adotados por outras cidades para que sirvam de referência. Um dos exemplos de regulamentação está em Joinville (SC).

Na última quarta-feira (dia 11) Anderson recebeu comerciantes e trabalhadores de empresas que distribuem água mineral e gás, que expuseram a situação ao chefe do Executivo e receberam o apoio da administração municipal na busca de alternativas para o problema. O presidente do Sindigás, Abel Ricardo da Silva, ressaltou que a resolução entra em vigor no próximo dia 4 e é inviável para a categoria. Ele explica que a moto não suporta peso superior a 180kg e com o sidcar acoplado terá velocidade lenta e atrapalhará na agilidade das entregas. “Se for necessário colocar caminhão nas ruas, com certeza resultará no aumento do preço dos produtos”, acrescentou Abel.

Na oportunidade, Anderson Adauto propôs a criação de uma comissão formada por três integrantes para juntamente com o secretário de Trânsito e Transportes, Ricardo Sarmento, ir a Brasília e apresentar a situação ao Contran. “Com certeza essa situação está em todo país. Não queremos atrapalhar ninguém no ganho do pão de cada dia. Se for necessário fazer alguma regulamentação municipal, para atender a lei e aos interesses da classe, a Prefeitura irá acionar o jurídico”, destacou o prefeito naquela reunião.

 
 
 

Outras Notícias: Gabinete



Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub