Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Gabinete

15/03/2011 - Gasoduto viabiliza mais um Distrito Industrial em Uberaba

Prefeito foi ontem ao Rio acertar detalhes da assinatura do protocolo que será assinado quinta-feira com a presença da Presidente Dilma

Gasoduto viabiliza mais um Distrito Industrial em Uberaba Gasoduto viabiliza mais um Distrito Industrial em Uberaba

Chegada do gasoduto em Uberaba vai viabilizar mais um Distrito Industrial (DI), que será o de número V, a ser instalado em anexo ao DI III. Este foi um dos assuntos tratados ontem no Rio de Janeiro entre o Prefeito de Uberaba com a diretora de Gás e Emergia Elétrica, Maria da Graça Foster que estará em Uberaba na condição de presidente da Petrobrás na próxima quinta-feira. No encontro foram tratados detalhes a respeito de convênio a ser firmado entre a Estatal com a Prefeitura de Uberaba e Instituto de Desenvolvimento Industrial do Estado de Minas Gerais (INDI) com vistas a levantar toda a demanda de utilização do gás por setores empresariais da região. Esse trabalho, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico do Município, Carlos Assis, será realizado junto a empresas já instaladas e a empreendimentos potenciais.

Nesta segunda-feira o prefeito de Uberaba esteve com a diretora de Gás e Energia da Petrobrás acertando detalhes da solenidade de assinatura do protocolo para a implantação do gasoduto entre São Carlos e Uberaba e da Fábrica de Amônia no Distrito III, que terá a presença da presidente da República Dilma Rousseff. O evento está marcado para acontecer a partir das 10h no Centro de Eventos da Associação Brasileira dos criadores de Zebu (ABCZ).

No entendimento do prefeito, a chegada do gás à cidade “pode ser comparada a uma casa que não tinha energia elétrica e passou a contar com o benefício. A partir do momento que têm acesso à energia, as pessoas podem se utilizar de uma série de comodidades das quais estavam alijadas anteriormente como geladeira, televisão, microondas entre outros. Assim é com o gás. A partir da sua chegada, Uberaba poderá receber inúmeros investimentos, pois várias empresas se tornam viáveis em virtude da disponibilidade desta fonte de energia”, compara  Anderson Adauto.

O secretário de Desenvolvimento explica que a Petrobrás será a “dona” do gás transportado pelo duto e a Gasmig a responsável pela distribuição às empresas. Ele revela que futuramente até mesmo um ramal pode ser implantado ligando a base, no DI III, à cidade, para, inclusive, abastecer postos de combustíveis com o gás veicular (utilizado em carros).

O prefeito também anunciou à Maria da Graça a disposição do município de investir na implantação do DI V, em área anexa ao do DI III, para abrigar empresas que deverão ser atraídas pela disponibilidade do gás. Carlos Assis disse que o planejamento desse Distrito começa imediatamente, para que ele esteja preparado para receber empreendimentos no momento em que o gasoduto entrar em funcionamento, cuja previsão é meados de 2014.

Prefeito quer garantir mais oito empreendimentos em seu governo

Prefeito Anderson Adauto pretende atrair pelo menos mais oito grandes empreendimentos para Uberaba, durante o seu governo, em virtude da implantação do Gasoduto. Reforçando o seu entendimento de que será um novo momento para a economia de Uberaba, semelhante ao de uma família que não tinha energia em casa e passou a ter, o prefeito ressalta que a “chegada do gás” cria plenas condições da cidade receber uma série de outros investimentos, fortalecendo a base econômica da cidade.

Assinatura do Protocolo de responsabilidade entre Petrobras e Cemig para a construção do Gasoduto entre São Carlos e Uberaba e a fábrica de amônia no Distrito Industrial III na próxima quinta-feira é o coroamento de um árduo trabalho que deu certo, segundo analisa o Prefeito de Uberaba. Ele lembra que ao se tornar prefeito se comprometeu em abrir a cidade para novas oportunidades e em virtude disto é que trabalhou por esta importante conquista.

Para o prefeito, “Uberaba não pode perder o bom momento vivido pela economia brasileira e é preciso aproveitar a disponibilidade do gás para atrair empreendimentos que utilizam desta importante fonte de energia”. Além disto, ele ressalta a grande quantidade de empregos que deverá ser gerada também durante o período de obras, que vai render muitas divisas para a cidade em diversos setores. Na fase de construção da unidade de Amônia e na implantação do Gasoduto deverão ser abertos cerca de cinco mil postos de trabalho.


Importância do empreendimento traz Dilma e Anastasia a Uberaba

Presença da presidente Dilma e do Governador Antônio Anastasia em Uberaba na próxima quinta-feira representa a importância que o Gasoduto e a fábrica de Amônia têm não apenas para a cidade, mas para o Estado de Minas Gerais e para o País, segundo analisa o prefeito Anderson Adauto. Ele explica que a fábrica de Amônia é uma obra que integra o Programa de Aceleração do Crescimento II (PAC II) e que o cronograma da Petrobrás prevê a sua entrada em funcionamento em 2014.

O prefeito ressalta que o adiamento da assinatura do Protocolo de Responsabilidade se deu exatamente para que no dia em que este ato fosse acontecer tudo estivesse muito bem definido, justificando a presença da presidente da República. “Agora, todos os aspectos em torno dos dois empreendimentos estão plenamente solucionados e a Petrobrás já deu início aos procedimentos para a instalação da fábrica de Amônia. Isto significa que o empreendimento está cem por cento garantido”, afirma o Prefeito ao acrescentar que dessa forma é plenamente justificável a presença da presidente Dilma, que dará início, oficialmente, a mais uma obra do PAC II, programa que é considerado uma criação dela.

O prefeito também destaca a presença do Governador Anastasia, diante da participação do Estado no empreendimento. Ele comenta que a Cemig, dentro do que está proposto, será a responsável pela implantação do gasoduto entre São Carlos e Uberaba, que vai transportar o gás que a Petrobrás importa da Bolívia, enquanto que a Gasmig vai cuidar da distribuição do produto dentro do Estado. Desta forma, trata-se de um empreendimento estruturante para o Estado de Minas Gerais fazendo com que o Governador esteja presente no ato de assinatura do Protocolo.

 

 
 
 

Outras Notícias: Gabinete



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub