Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Saúde

24/02/2017 - Vacinação contra a febre amarela acontece em 10 pontos da cidade nesse sábado

A Secretaria Municipal de Saúde irá realizar neste sábado (25), a vacinação contra a Febre Amarela em 8 unidades de saúde e dois pontos itinerantes, visando atender aos bairros que estão no entorno do local onde foi encontrado um macaco morto por febre amarela.

A vacinação será das 8h às 16h, nas UMS, Maria Teresa, Álvaro Guaritá, Abadia, Luiz Meneghello, Roberto Árabe Abdanur, Ézio de Martino e nas USF Dr.  Romes Cecílio e Jacob José Pinto. Duas outras unidades móveis estarão atuando de maneira itinerante, uma no CRAS 2 - Luci Caxeta da Silva, que fica na Av. José Valim de Melo e a outra em frente à escola em construção do Jardim Itália, na Rua Leda Cartafina.

Durante a próxima semana, a vacinação volta a ser aplicada na quarta-feira (01), das 13h às 16h e na sexta-feira (03), das 8h às 16h.
 
A Febre Amarela é transmitida na cidade pelo mosquito Aedes aegypti, que também transmite doenças como dengue, zica e chikungunya. É importante que a população atue no combate ao mosquito, não deixando água parada ou permitindo o acumulo de lixo.
 
Vale reforçar que o município não registrou nenhuma pessoa com a doença, já a mais de 10 anos. A vacina visa atender a população que não está imunizada, lembrando que uma pessoa precisa tomar apenas duas doses da vacina na vida para estar totalmente imunizada.
 
O esquema vacinal ocorre quando criança, aos 9 meses é ministrada a primeira dose e depois toma o reforço aos 4 anos e é o suficiente. A partir dos 5 anos, até os 59, quem não tomou as duas doses da vacina, tem de tomar a primeira dose e 10 anos depois a de reforço, e já está imunizado. Vale esclarecer que, se a pessoa tomou a primeira dose aos 9 meses, mas passou de 5 anos sem tomar a segunda dose, ela terá de tomar as duas doses dentro do prazo estipulado em 10 anos.
 
Acima de 60 anos é preciso apresentar uma prescrição médica, para que seja avaliado se existe algum risco para se tomar a vacina. É importante que essa avaliação seja feita por um médico que tenha o histórico clínico do paciente, para que ele possa avaliar a relação de risco benefício para a pessoa.
 
Jorn. Natália Melo
Comunicação PMU

 
 
 

Outras Notícias: Saúde



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub