Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Transporte Coletivo

16/10/2016 - Corredor Leste/Oeste do BRT Vetor de Uberaba recebe medalha de Prata de boas práticas

Avaliação segue Padrão de Qualidade Internacional do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento - ITDP
 
O corredor de BRT VETOR Leste-Oeste instalado na Avenida Leopoldino de Oliveira pela Prefeitura de Uberaba está entre os melhores exemplos de boas práticas na instalação de corredores rápidos. Avaliado em abril deste ano, de forma independente, pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento – ITDP, Uberaba recebeu medalha de prata pelo trabalho que tem executado até agora. O relatório foi entregue as empresas concessionárias e a Prefeitura este mês.


O Superintendente de Transporte Público, Claudinei Nunes, explicou que o instituto fez ponderações interessantes sobre o serviço de transporte público de Uberaba, destacando pontos positivos do projeto uberabense, bem como em relação a melhorias que podem ser implantadas. “Fomos muito bem avaliados, tivemos uma medalha de prata, o que significa que já passamos pelo básico e o bronze. Sabemos que com poucos ajustes teremos condições de atingir uma medalha de ouro no nosso sistema de transporte. Temos que ressaltar o nosso trabalho de fornecer informação em tempo real que foi muito elogiado. Um trabalho que começou com a Superintendência, antes da implantação do BRT e que tem por objetivo melhorar a qualidade da informação que chega aos usuários, entre outras questões. Sabemos que tem como melhorar, mas temos a certeza que avançamos muito no fornecimento de um transporte público de qualidade”, explicou.
 
Parecer - O sistema de avaliação do Instituto seguiu um padrão de qualidade internacional que permite a análise de sistemas de BRT com base nas melhores práticas relacionadas, tanto ao projeto quando à operação do corredor de transporte, que posteriormente são classificados em ouro, prata, bronze ou básico.


Nessa avaliação são elencados os pontos fortes e os que precisam de melhoria. O relatório apresentado destacou que o corredor de Uberaba conta com muitos elementos importantes e que são pouco executados nos demais corredores existentes. Como por exemplo, o fato de ele passar pelo grande centro comercial da cidade atendendo a principal via de tráfego.


Outro ponto que se destacou é o sistema de informação em tempo real, que se mostrou extremamente eficaz e que não foi encontrado com tamanha precisão em nenhum outro corredor avaliado. O projeto de Uberaba também ganhou destaque por atingir o vão mínimo entre veículo e plataforma, uma característica considerada difícil de ser observada em outros corredores de BRT do país.


Conforme consta no relatório, a infraestrutura e o planejamento dos serviços, apesar de não contar com ultrapassagem e assim dificultar a adoção de múltiplas linhas e serviços expressos, atendem bem a demanda atual e são adequados considerando o porte médio da cidade.


A sugestão do Instituto é para que sejam instalados mapas nos terminais e que seja providenciado à divulgação de mais informações nas estações que permitam aos passageiros achar com maior facilidade o caminho a seus destinos. Também foi sugerido que informações específicas sobre o sistema de BRT sejam atualizadas em um site único ou um canal de mídia social, potencializando a imagem do sistema VETOR para com a sociedade.


Para o presidente da Transube, Rodrigo Oliveira, ser avaliado por um instituto renomado mundial é de suma importância e demonstra que estão no caminho certo. “O resultado é ainda mais satisfatório, pois receber uma medalha de prata, em um BRT que está em operação a apenas 1 ano e 8 meses, demonstra que estamos fazendo bem o nosso trabalho e principalmente, estamos atendendo bem a população. O relatório final mostrou alguns pontos onde podemos aprimorar e entendemos que Uberaba só tem a ganhar com a validação feita. Nosso trabalho agora será de trabalhar para atender ao nosso cliente no que é prioridade para ele, vamos ouvir a população e buscar as melhorias necessárias e como resultado, esperamos conquistar avançar nesta avaliação”, afirmou.
 
Iniciativa – A avaliação partiu do próprio Instituto que procurou Uberaba para avaliar o corredor Leste-Oeste que transporta atualmente 40 mil passageiros por dia. E analisou ainda as áreas que estão sendo atendidas pelo serviço. Inaugurado em janeiro de 2015, o corredor atravessa a cidade por uma de suas vias mais antigas e principais do município sendo cercada de atividades comerciais e edifícios.


O corredor Leste/Oeste obteve pontuação de 72,4 e está classificado como potencial para ser replicado em outros países, principalmente em cidades de médio porte. 


Os corredores avaliados pelo ITDP no mundo que, assim como Uberaba, foram classificados como Prata incluem os corredores​ de Brisbane na Austrália, o de Istambul na Turquia e alguns corredores da cidade do México e de Ahmedabad na Índia - que tiveram ampla aceitação e levaram outras cidades indianas a adotar o modelo de BRT. Também é prata o sistema Expresso Tiradentes em SP, que circula em via elevada e conecta a periferia à área central da cidade e o BRT Antônio Carlos, que conta com uma operação intensa em horário de pico.


Vale lembrar que a cidade está com os corredores Sudeste e Sudoeste em fase de construção. Uma vez que estiver completo, a estimativa da Superintendência de Transporte Coletivo de Uberaba é de que o sistema VETOR transportará cerca de 70 mil passageiros por dia. Considerando a extensão e demanda diária projetada em um horizonte de 20 anos, calcula-se que o sistema VETOR de BRT consiga reduzir as emissões em 15,9 mil toneladas de CO2/ano, 1,2 toneladas de MP/ano e 54,0 toneladas de NO2/ano.
 
Quem é - O Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento com sede em Nova York e escritórios na Argentina, Brasil, China, Índia, Indonésia, México e Washington D.C. (EUA), é composta de especialistas em planejamento urbano, engenharia de transportes e políticas públicas. Seu trabalho visa garantir que sistemas de corredores de ônibus que venham a ser implantados sejam capazes de oferecer uma experiência uniforme aos seus usuários, além de promover benefícios econômicos e ambientais.


Para atingir esse objetivo eles desenvolveram o Padrão de Qualidade BRT, que permite a avaliação desses sistemas com base nas melhores práticas internacionais. A partir disso foi construído um ranking, no qual os corredores de BRT são classificados segundo uma pontuação de 0 a 100. Apenas os que obtêm a mais alta pontuação são classificados como Ouro, Prata, Bronze e Básico.

Jorn. Natália Melo
Comunicação PMU

 
 
 

Outras Notícias: Transporte Coletivo



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub