Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Saúde

22/02/2015 - Banco de Leite Humano foi reformado e volta a funcionar normalmente no início de março

O Banco de Leite Humano – BLH volta a operar no próximo dia 3 de março, após investimento de R$ 18 mil na reestruturação do local. Foram adquiridos novos equipamentos e adotadas medidas exigidas pela Vigilância Sanitária de Minas Gerais. Vale ressaltar que o Banco de Leite já está cadastrando mulheres lactantes interessadas em doar o excedente de sua produção láctea no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher – CAISM.

As salas agora possuem climatização e serão adotados os manuais de Boas Práticas e de Bancada para o atendimento. Os funcionários receberam treinamento e passarão por um programa interno de educação permanente em serviço todos os meses. Os processos de esterilização agora passam por controle de qualidade, com a adoção de protocolo para utilização dos insumos necessários.


Ainda entre as intervenções realizadas, está a manutenção dos equipamentos utilizados para o preparo do leite, como a centrífuga de microematócrito, a capela de fluxo laminar e a sala de coleta. Ainda foram adquiridos termohigrômetro, alça bacteriológica e acidímetro de Dornic.


Os geradores de energia passaram por inspeção e os vigias noturnos receberam treinamento para seu acionamento. Com relação à água fornecida ao banco, o Codau fez a limpeza do reservatório e as análises físico-químicas da água tiveram resultados positivos nos dois testes executados.


A diretora do Departamento de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde, Sheron Hellen da Silva, destaca que os serviços referentes ao aleitamento materno nunca foram interrompidos. Nesta seção, os recém-nascidos recebem atendimento para ajudar na sucção do leite e os familiares são orientados com relação à amamentação.


Doação – Para se tornar uma doadora de leite, basta se cadastrar no Caism, na Avenida Leopoldino de Oliveira, 1.160. A ordenha do leite para doação é realizada em casa, com equipamentos fornecidos pelo banco. A secreção coletada deve ser congelada em freezer doméstico e será recolhida, semanalmente, pela equipe do BLH. A doação acontece pelo tempo que a mulher desejar e com a quantidade que ela puder.


Para ser doadora, é preciso passar por avaliação médica e física. O banco observa critérios como a quantidade de secreção láctea e se a candidata utiliza alguma substância excretável pelo leite. Não podem doar pessoas que possuam doenças infectocontagiosas, façam uso de drogas (incluindo cigarro), estejam em risco nutricional ou sob tratamento quimioterápico ou radiológico.


Antes da reestruturação, o Banco de Leite arrecadava uma média de 20 litros de leite todos os meses, atendendo a 50 bebês recém-nascidos internados nas UTIs do Hospital de Clínicas e de outros hospitais da cidade. Enquanto fechado, a demanda pelo leite era suprida com o leite artificial.


O Banco de Leite Humano funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 17h.

Mariana Bananal (Estagiária de Jornalismo)
 

 
 
 

Outras Notícias: Saúde



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub