Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Saúde

12/12/2013 - Vigilância Sanitária intensifica fiscalização

Produtos natalinos são alvo da inspeção

A Vigilância Sanitária de Uberaba intensifica a fiscalização no período de festas. A Operação Natal começou no dia 25 de novembro e segue até o dia 4 de janeiro contando com quatro equipes. O foco da fiscalização são produtos comercializados em supermercados, açougues, mercearias, restaurantes, padarias e afins, que compõe a cesta de natal e que são mais consumidos nesta data.

De acordo com o diretor do Departamento de Vigilância Sanitária, Nelson Ranieri Tirone, a fiscalização nesses estabelecimentos é rotineira, mas como o comércio de produtos alimentícios aumenta muito neste período se faz necessário intensificar a fiscalização. Ele inda orienta os consumidores para ficarem atentos. “O consumidor deve prestar atenção quanto à data de validade, a conservação do alimento e, se comprar o produto de origem animal verificar se tem selo de inspeção”, adverte Tirone.

Segundo a médica veterinária da Vigilância Sanitária, Roberta Lacerda Miranda Rezende, nas festividades de fim de ano a venda de produtos de origem animal sem procedência aumenta e não devem ser consumidos. “Produtos que não possuem o selo de procedência do SIF (Serviço de Inspeção Federal), do SIE (Serviço de Inspeção Estadual), do SIM (Serviço de Inspeção Municipal) ou do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) não podem ser comercializados no varejo”, explica Roberta Rezende.

Durante a Operação Natal foi apreendida uma quantidade considerável de produtos em consequência da data de validade. “Os comerciantes estão tirando proveito da Lei de Rotulagem para alterar as datas de validade dos produtos”, afirma Nelson Tirone.

A Lei de Rotulagem permite que o comerciante fracione, embale e rotule o produto (geralmente mortadela, mussarela, carnes e peixes) em pequenas porções para vender. Ainda de acordo com a lei a data de validade dessas pequenas porções devem ser a mesma do produto de origem. Porém, segundo o diretor da Vigilância Sanitária, alguns comerciantes estão alterando a data original e prolongando o prazo para até 15 dias após a sua validade.

 Caso o consumidor encontre alguma irregularidade ele tem o direito de exigir do estabelecimento a substituição do produto. Se for algo mais grave o consumidor deve apresentar denúncia à Vigilância Sanitária pelo telefone 3331-2752. “Com a denúncia feita mandamos uma equipe averiguar o fato”, finaliza Nelson Tirone.

 

 Paulo Brandão

 
 
 

Outras Notícias: Saúde



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub