Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Defesa Social

28/11/2013 - Alterações no trânsito recebem sugestões da população durante Reunião Pública

Reunião pública realizada na ultima terça-feira, dia 26, no Centro Administrativo da Prefeitura de Uberaba, discutiu as alterações no trânsito que serão feitas em função da implantação do corredor de ônibus BRT Leste/Oeste. O projeto de alteração desenvolvido pela empresa Transzum, foi apresentado pelo diretor da empresa e especialista em trânsito e transporte, Alexandre Zum, que realizou uma análise do trânsito da cidade por meio de utilização de unidades móveis de contagem de veículos e análise das conversões, contemplando todo o sistema viário, transporte coletivo e análise das vias paralelas e transversais no entorno do corredor leste/oeste, a fim de estabelecer uma contagem da engenharia de tráfego.

Após a apresentação do projeto foram levantados diversos questionamentos. A principal preocupação da população foi em relação às vias de acesso aos bairros, principalmente para quem precisa se deslocar atravessando o centro da cidade. Alexandre explicou que a principal solicitação feita pelo Prefeito Paulo Piau foi para que não existisse na cidade o efeito minhoca, em que a pessoa tem que fazer várias voltas para chegar ao destino, mas sim que o trânsito ficasse fluido e simples, facilitando e não atrapalhando a população.

Zum explicou que foi desenvolvido um sistema trinário. Para isso, a Rua Governador Valadares voltará ao antigo sentido. No entanto, será a partir da Rua Alaor Prata em direção a Avenida Gabriela Castro Cunha. A Rua Cel. Manoel Borges terá a mão invertida, ficando no sentido centro/Mercado Municipal. Vale ressaltar que o mesmo acontecerá com a Rua Afonso Rato que receberá o fluxo da Leopoldino, através das Ruas Jaime Bilharinho e Antonio Pedro Naves.

Outro ponto questionado pela população foi com relação a estacionamento no centro. O especialista explicou que, ao colocar a Fidelis Reis como mão única, sentido centro-bairro, será formado um bolsão de estacionamento 45º que irá contemplar o comércio da rua Arthur Machado e adjacências. Porém Zum alertou também que a Prefeitura deve começar a pensar em fazer estacionamentos verticais para que não tenha problemas no futuro.

Segurança - O trânsito em frente ao colégio Marista também foi amplamente discutido. Zum apresentou todas as propostas para a região e recebeu sugestões da população que serão analisadas, no intuito de criar o melhor projeto para o local. “É importante destacar que o projeto primeiramente irá prezar pela segurança da população. O trânsito hoje na região, além de caótico apresenta muito risco, portanto, vamos trabalhar para definir a opção que melhor atenda o local e resguarda a vida das pessoas”, destacou Alexandre.

Um ponto levantado por um estudante de engenharia da Uniube foi com relação à cultura local da cidade, uma vez que o uberabense está acostumado a cometer irregulares no trânsito por vício. “A cultura da cidade é um ponto muito importante que foi levada em conta nos nossos estudos. Não conheço nenhuma outra cidade no Brasil que tenha tanto semáforo quatro fases quanto Uberaba. Mas até a população se acostumar, o município terá que ter pulso forte na fiscalização. Ressaltando que só ocorrerão multas se houverem infrações às leis de trânsito”, respondeu Zum.

Propostas - O Prefeito Paulo Piau reforçou a importância da participação da população nessas reuniões. “A reunião foi aberta a toda a comunidade que pode apresentar suas sugestões e esclarecer dúvidas. Essa é a hora que a população tem para ser ouvida e para participar de decisões que vão mexer com o dia-a-dia da comunidade. Estamos com as propostas abertas para discussão”, destaca Piau.

O prefeito também lembrou o fato de que a proposta inicial lançada no ano passado não previa um sistema semafórico, o que dificultaria a implantação do projeto. Ele disse ainda, que foi tomada a decisão de fazer uma licitação para avaliar o trânsito de Uberaba, que embasasse um projeto como o do BRT e que garantisse segurança e acessibilidade aos pedestres, bem como melhorasse o transporte coletivo, dando fluidez ao tráfego de veículos. “Apenas implantar o BRT sem nenhum planejamento de trânsito na cidade acarretaria problemas gravíssimos no trânsito, que impediriam os ônibus de circular com agilidade, congestionariam as vias no centro e poderiam causar acidentes gravíssimos. Optamos por estender o prazo de entrega do projeto no intuito de implantar o sistema com responsabilidade, a fim de oferecer o melhor serviço para a população uberabense e com segurança para todos”, reforça Piau.

Alexandre Zum parabenizou a iniciativa de Uberaba em implantar na cidade um projeto como o BRT. “Trabalho há 20 anos no setor e as cidades que implantam o sistema do BRT, normalmente, são cidade sufocadas no trânsito que tentam amenizar o problema. Uberaba será um marco, está planejando o trânsito antes que se instaure o caos. Com certeza servirá de exemplo no futuro”, enalteceu Zum.

Mudanças – Dentre as propostas de alteração no trânsito está o cruzamento da Avenida Leopoldino de Oliveira com Major Eustáquio e Fidelis Reis que será extinto, uma vez que, naquele local, por hora, foram registrados 3.500 veículos, dos quais apenas 10%, cerca de 350 veículos, convergem à esquerda, sentido Fidelis Reis.

Outra mudança é a abertura do canteiro central para quem desce do estádio Uberabão, que poderá cruzar a Leopoldino de Oliveira e subir pela Avenida Bento Ferreira. Com foco no trânsito dos ônibus, a rotatória da Leopoldino com a Avenida Santos Dumont, será retirada. Neste local também a conversão será extinta, visto que apenas 20% dos veículos convergem à esquerda, sentido Leopoldino/Santos Dumont.

A Rua Santo Antonio, conforme está no projeto, apresenta proposta de mudança, invertendo o fluxo da via que seguirá da Guilherme Ferreira até a Avenida Alexandre Barbosa, inclusive com proposta de segurança para entrada de alunos do Colégio Marista, como citado anteriormente. A rotatória da UPA do Parque do Mirante, também será modificada, sendo cortada ao meio, garantindo estacionamento para o transporte coletivo, enquanto os outros veículos a contornam.  Os dois terminais do transporte coletivo também terão sinalizações específicas garantindo a segurança dos pedestres.

 

Jorn. Natália Melo

 
 
 

Outras Notícias: Defesa Social



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub