Saúde

23/12/2011 - Mais de 200 mil pacientes procuraram as UPAs este ano

Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) receberam 226.952 pacientes de janeiro até o início desta semana. O número parcial de 2011 já supera o movimento registrado no ano passado inteiro, quando 217.576 pessoas deram entrada nas UPAs.

Conforme o relatório do departamento de Atenção Especializada da Secretaria Municipal de Saúde, o fluxo de pacientes foi maior na UPA Abadia devido ao atendimento odontológico e de pediatria. Até 20 de dezembro, 136.802 pacientes deram entrada na unidade. Em 2010, foram 132.157 no ano inteiro. Já a UPA São Benedito recebeu 90.150 pessoas até agora, contra 85.419 no ano passado.

Entretanto, o secretário municipal de Saúde, Valdemar Hial, destaca que muitas pessoas estão procurando o pronto-atendimento sem necessidade, segundo o primeiro relatório do acolhimento com classificação de risco. “A partir da implantação desse sistema em outubro, percebemos que muitos casos não são de urgência ou emergência. Ou seja, poderiam procurar as unidades básicas de saúde para serem atendidas”, reforça.

O balanço mostra que dos 22.033 atendimentos realizados nas UPAs em outubro e novembro, 10.426 são casos NÃO URGENTES (AZUL) e 6646 POUCO URGENTES (VERDE). Isso representa 70% do total, enquanto os casos URGENTES (AMARELO) e de EMERGÊNCIA ABSOLUTA (VERMELHO) correspondem a 30%.

De acordo com o secretário, a equipe continua trabalhando para conscientizar a população sobre a importância de recorrer às UBS’s para o acompanhamento preventivo e periódico da saúde, pois o médico da unidade básica pode solicitar exames, encaminhar para consulta com especialista quando necessário e até mesmo referenciar o paciente para uma UPA, se ocorrer uma urgência que não é possível solucionar na Atenção Básica.


Como funciona na UPA
– A equipe de enfermagem da UPA utiliza critérios clínicos para classificar os pacientes em quatro categorias: VERMELHO – EMERGÊNCIA ABSOLUTA, AMARELO – URGENTE, VERDE – POUCO URGENTE e AZUL – NÃO URGENTE. “É importante lembrar que a prioridade nas UPAS são os casos de urgência ou emergência, não a ordem de chegada. Por isso, em primeiro lugar são atendidos os pacientes vermelho e amarelo”, destaca Hial.
A pessoas classificada como VERDE – POUCO URGENTE e AZUL – NÃO URGENTE é informada sobre a espera para o atendimento e tem a opção de aguardar no local ou ser encaminhada já com horário marcado para a UBS mais próxima da residência.
 

 
 
 

Outras Notícias: Saúde



Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub