CODAU

09/06/2009 - Anderson e José Luiz assinam contrato de R$ 28,8 milhões do PAC

O prefeito Anderson Adauto e o presidente do Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba, José Luiz Alves, participam da solenidade de assinatura dos protocolos de cooperação federativa com os municípios brasileiros na área de saneamento para contratação de obras de drenagem urbana no âmbito do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC).

A solenidade será presidida pelo presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva nesta terça-feira, (9 de junho) às 15h no Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal.

Para Uberaba serão destinados um total de R$ 28,8 milhões a serem utilizados no complemento das obras do projeto Água Viva, destinadas para as áreas de macro e microdrenagem. Os projetos, apresentados em 2007 pelo presidente do Codau ao Ministério das Cidades, foram contratados somente agora pois o governo federal, estava até então, priorizando os projetos voltados para as áreas do abastecimento de água e esgotamento sanitário. Alves explicou que R$ 20,2 milhões serão empregados no sistema de macrodrenagem planejado no projeto Água Viva, e o restante será para obras paralelas que auxiliarão diretamente na solução das enchentes no centro da cidade. 

O montante de R$ 20,2 milhões serão destinados para a duplicação dos canais de água pluvial nos eixos das avenidas Santa Beatriz; Pedro Salomão; Santos Dumont e Leopoldino de Oliveira; (do entroncamento da Santos Dumont e Leopoldino de Oliveira até o Córrego das Lajes). O dirigente do Codau enfatizou que a conquista permitirá ao município a execução de duas obras em paralelo – a macrodrenagem, com o objetivo de solucionar as enchentes e a implantação dos interceptores de esgoto sob as avenidas - para separar os lançamentos de esgotos de dentro dos canais pluviais. Alves lembrou que a defasagem cambial já indicava que a verba do Banco Mundial, inicialmente planejada para as duas obras, não seria suficiente para todo o projeto Água Viva, do qual essas obras fazem parte.

Outros R$ 8,6 milhões do PAC serão aplicados em 12 intervenções de microdrenagem na cidade. Tratam-se de implantações de rede de água pluvial, canalizações, drenagens e urbanizações em várias áreas: córrego Barro Preto (atrás do Apart Hotel), córrego da Manteiga (Uirapuru/Av. Pedro Salomão); reconstituição do canal Lago Azul (conj. Cartafina); córrego dos Carneiros (conj. José Barbosa); córrego das Toldas (Recreio dos Bandeirantes); canais das Avenidas Rosa Maria Frange (Conj. Cartafina); Rosa Manzan e da rua Terezinha Campos Waack, além de rede de captação de água pluvial na avenida Tonico dos Santos com Avenida José Marcus Cherém.

José Luiz Alves foi o portador da boa notícia de contratação das obras do PAC para o prefeito Anderson Adauto, que reportou a conquista à persistência do dirigente e à confiança nos bons projetos apresentados ao Ministério das Cidades, desenvolvidos pela equipe do Codau e PMU. Alves demonstrou sua euforia ao relatar que o somatório de R$ 43,177 milhões, conquistados nos últimos meses, foram grandes conquistas para Uberaba e parte do montante é por meio de recursos não reembolsáveis, sem amortizações futuras a serem realizadas (Fundo Perdido). São as verbas de R$ 9,6 milhões (atualizada) para a Estação de Tratamento de Esgoto Francisco Velludo (ETE Rio Uberaba) através do Programa de Recuperação de Bacias Hidrográficas (Prodes) e mais R$ 3,257 milhões que são os recursos do Fundo de Recuperação, Proteção e Desenvolvimento Sustentável das Bacias Hidrográficas de Minas Gerais (Fhidro) para que o Codau contrate os projetos de construção de dois interceptores de esgoto – Jardim Maracanã e São Bento - que integram o projeto de coleta de resíduos para a ETEs Uberaba e Conquistinha e mais o projeto de desinfecção de lodo na ETE Rio Uberaba.

Outros R$ 1,520 milhões foram financiados pelo PAC para elaboração dos projetos de modernização da Estação de Tratamento de Água e adutora de água bruta do rio Claro. “A somatória destes recursos é um montante de R$ 43 milhões e estamos trabalhando com projetos reais que irão de fato dar uma reviravolta na cidade, transformar a vida da população, minimizar transtornos e solucionar problemas antigos que passaram a ser tabu em Uberaba tal é a sua complexidade e demora na solução”, finalizou José Luiz.
 

Ascom Codau
Edna Costa

 
 
 

Outras Notícias: CODAU



Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub