Prefeitura

Agronegócio

02/07/2021 - Agronegócio já tem mais de mil horas máquinas trabalhadas em atendimento ao pequeno produtor

Em seis meses do atual Governo, a Secretaria Municipal do Agronegócio já realizou 1.051 horas máquinas trabalhadas, beneficiando dezenas de pequenos produtores rurais no Município. Dentre os serviços estão, por exemplo, preparo de solo e formação de canteiros.

Os serviços são coordenados pelo Departamento de Produção Agropecuária e executados pela Patrulha Rural da Sagri. De acordo com o diretor da pasta, Raoni Terra, de 4 de janeiro a 30 de junho, foram 1.051 horas máquinas trabalhadas, tendo beneficiado mais de 100 pequenos produtores. Outros 341 produtores receberam assistência técnica pela secretaria, através de agrônomos e de zootecnistas.

Segundo Raoni, dentre os serviços com tratores, a predominância é para o preparo de solo, seja com arados, grades e sulcadores, além de distribuidores de calcário e adubo. Mas há trabalhos também, acrescentou, para montagem de canteiros, roçados em pastagens, compactação de silos e distribuição de sementes.  

O diretor enfatizou que, no princípio do ano, a Patrulha Rural dispunha de oito tratores. “Depois foi feito reparo em um que estava estragado e outros dois tratores foram adquiridos pela Sagri, sendo um por cessão da Secretaria de Estado da Agricultura e outro, através de emenda parlamentar do ex-deputado Tony Carlos. De modo que, hoje, a secretaria dispõe de 11 tratores para atender os pequenos agricultores, devendo aumentar este número com o conserto de outros”, relatou.  

Para ser beneficiado com o serviço, Raoni Terra informou que o interessado deve procurar a Secretaria do Agronegócio, em razão da pandemia, por telefone mesmo, fazer o cadastro e agendar a prestação de serviço em sua propriedade. Na ocasião, salientou o diretor, o agricultor deverá efetuar a contribuição que varia de acordo com a potência do trator, atualmente no valor de R$50 a hora trabalhada do trator menor e R$75, a do maior.

O diretor de Produção Agropecuária ressaltou que a novidade, agora, é que o pagamento é feito com depósito direto em conta do Fundo Municipal de Máquinas (Fundomaq), em agência da Caixa Econômica Federal. “O funcionário da Sagri emite uma Guia de Arrecadação Municipal (GAM) com o valor do serviço e o produtor faz a quitação via depósito, sendo que uma via é devolvida à secretaria comprovando o pagamento,” explicou.

Raoni Terra entende que o programa é uma forma de o Governo Municipal ajudar aquele pequeno agricultor que não dispõe do equipamento e que dificilmente teria condições de alugar com particular. “Assim, ele contribui com uma quantia bem aquém do valor de mercado e a Prefeitura, com isto, fomenta o agro no Município, atendendo os pequenos produtores com máquinas, assistência técnica e aquisição de parte de suas produções", argumentou o diretor.

 
 
 

Outras Notícias: Agronegócio



Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub