Agronegócio

03/12/2014 - Revitalização do Mercado Municipal aguarda aprovação do Ministério da Cultura

O projeto arquitetônico prevê elementos de sustentabilidade, melhorias no acesso ao local e padronização de fachadas

A Casa do Artesão submeteu o projeto de revitalização do Mercado Municipal de Uberaba ao Ministério da Cultura. O objetivo é captar recursos por meio da Lei Rouanet visando à melhora da infraestrutura e o acesso ao local. O secretário de Agricultura, Danilo Siqueira, que levou o projeto ao Conselho do Patrimônio Histórico e Artístico de Uberaba (Conphau) em abril deste ano, também trabalha pela aprovação do projeto. Ele trabalha com a expectativa de conseguir agendar reunião com a substituta imediata de Marta Suplicy, no Ministério da Cultura, Ana Cristina Wanzeler. Tão logo esteja cadastrado no Ministério da Cultura, o projeto passa por avaliação em até 90 dias.

O projeto acrescenta elementos de sustentabilidade à estrutura do Mercado Municipal, como o reaproveitamento da água da chuva e o uso da energia solar para gerar iluminação. Também está prevista adequação dos sanitários; criação de sala para guardar material de limpeza; implantação de plataforma elevatória e de totem informativo digital e criação de refeitório. O entorno do mercado deve ser recuperado e haverá substituição da tubulação existente e execução de um novo projeto elétrico. Apesar da modernidade das alterações previstas, a fachada original será mantida.

O secretário de Agricultura, Danilo Siqueira, tranquiliza os permissionários do local e garante que os padrões e as medidas das lojas serão preservados, embora as fachadas tenham de ser padronizadas. “Estamos a um ano trabalhando neste projeto, elaborado pelo experiente arquiteto Demilton Dib, que tem várias publicações em revistas especializadas de arquitetura. A Casa do Artesão também já teve iniciativas neste sentido, sendo a responsável pela restauração da Igreja Santa Rita”, explica Danilo.

Lei Rouanet - Na última quarta-feira (26), o prefeito Paulo Piau recebeu técnicos da Secretaria Estadual de Cultura de Minas Gerais e do Ministério da Cultura para esclarecer como funciona a campanha “Imposto Ativo”. A iniciativa visa estimular a reversão de parte dos impostos pagos pelos empresários em investimento nas áreas cultural e esportiva, por meio da Lei Rouanet. O evento foi realizado pela Fundação Cultural de Uberaba, onde estiveram presentes empresários, artistas e produtores culturais da cidade.

 

Mariana Bananal (Estagiária de Jornalismo)

 
 
 

Outras Notícias: Agronegócio



Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub