Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Administração

21/03/2012 - Reajuste salarial dos servidores da PMU pode ficar entre 5,06 e 6%

Reunião com dirigentes sindicais Reunião com dirigentes sindicais

O prefeito Anderson Adauto apresentou aos dirigentes sindicais nesta terça-feira (dia 20) a proposta de reajuste salarial às pautas de negociação encaminhadas pelos sindicatos da Prefeitura (SSPMU), dos Educadores (Sindemu) e do Codau (Sindae). Nesta quarta-feira (dia 21), os secretários Rômulo Figueiredo (Administração), Edvar Pereira (Fazenda) e José Vandir (Educação), presidente do Codau, José Luiz Alves, e a diretora Sandra Barra vão se reunir separadamente com as entidades sindicais para discutir os itens específicos reivindicados por cada categoria.
Anderson abriu a negociação falando dos cortes promovidos pelo governo em obras e nos contratos neste inicio de ano para atender a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e poder atender às reivindicações dos servidores. Em seguida, ele mostrou o impacto das conquistas recentes do funcionalismo municipal. A implantação do Plano de Saúde custará R$ 6 milhões à Prefeitura, o Plano de Carreira do Magistério R$ 9.359.999,00 e a produtividade dos motoristas R$ 572 mil no ano e vão gerar um impacto financeiro de quase R$ 16 milhões até dezembro. Em função disso, a Junta de Gestão conseguiu disponibilizar R$ 4 milhões para o reajuste, com recursos próprios, gerando uma soma de R$ 20 milhões/ano a mais nas despesas com pessoal.
Só para se ter uma idéia, a folha atual da PMU é de R$ 14,8 milhões. O prefeito e os secretários apresentaram três propostas de reajuste. A primeira delas é de 5,06%, sendo 2% retroativo a fevereiro, 2% em julho e 1,06% em outubro; a segunda de 5,5%, distribuídos em 2% retroativo a fevereiro, 2% em junho e 1,5% em outubro; e a terceira de 6%, sendo 2% em março, 2% em junho e 2% em setembro. Com os benefícios e o reajuste, a folha passará para R$ 16,6 milhões ao mês, elevando o custeio com folha de pagamento para R$ 197,4 milhões em 2012.
Anderson ressaltou que partiu do princípio que conseguiu estancar as perdas salariais geradas pelas administrações anteriores e destacou que o ganho real é de 9,77% durante seu governo, aplicando-se o INPC nos últimos sete anos. “Mas o plano de saúde é o verdadeiro ganho real que estamos dando aos servidores”, destacou ele.
Após as reuniões desta quarta-feira, os sindicalistas vão levar as propostas do Executivo às assembléias de suas categorias. “Nos dedicamos e fizemos todos os esforços para chegar a disponibilização dos R$ 4 milhões de fontes próprias, cortando onde se podia cortar”, completou Anderson. 

 
 
 

Outras Notícias: Administração



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub