Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

CODAU

22/09/2010 - Situação no Rio Uberaba melhora, mas população ainda precisa economizar água

Entrada em funcionamento do terceiro conjunto moto-bomba do sistema de transposição do Rio Claro e a ação da Polícia Ambiental impedindo a continuidade de captação clandestina em um afluente do Rio Uberaba melhora a situação do nível na captação em um terço. Apesar da melhoria, o presidente do Codau, Roberto Veludo, insiste na necessidade da população evitar qualquer desperdício de água neste momento de estiagem prolongada em que Uberaba passa. Ele ressalta que se não fossem os investimentos realizados no sistema de abastecimento nos últimos anos a situação estaria muito complicada.

A última estiagem semelhante a que Uberaba vive neste momento se deu no ano de 1994, quando vários bairros sofreram com a falta d´água. Este ano, a ausência de chuvas de forma constante se dá desde o dia 3 de junho, quando houve uma precipitação de 13 milímetros. Depois disto correu uma chuva no último dia 7 de setembro com um volume de 12,5 milímetros, o que praticamente nada interferiu na oferta de água pelos mananciais que abastecem a cidade. Um milímetro equivale a um litro de água em uma superfície de 1 metro quadrado. Roberto Veludo destaca que além da estiagem, o calor também faz aumentar o consumo em cerca de 15%, agravando mais ainda a situação.

Veludo ressalta que a população precisa estar consciente da necessidade de economizar água para que não precisemos estabelecer um sistema de racionamento. Ele observa que o Codau está trabalhando para evitar interrupção no fornecimento, mas para isto as pessoas precisam evitar todo tipo de desperdício por meio da mudança de hábitos que vão desde a manutenção de torneiras abertas durante a escovação de dentes e ao barbear à utilização de água para lavar passeios e carros.

O sistema de reservação de água de Uberaba está acima do que é recomendado pelas normas técnicas que prevêem um volume suficiente para abastecer a cidade por um período de 8h, sem qualquer produção. A cidade conta com a capacidade de reserva de 52 milhões de litros, o que é suficiente para abastecer a cidade por um período de 12 horas, portanto, 50% acima do recomendado. Veludo informa que o sistema trabalha sempre com sua capacidade máxima, o que facilita o controle para evitar interrupção no fornecimento de água.

O presidente do Codau lembra que nos últimos anos o sistema de abastecimento de água da cidade recebeu vários investimentos que estão evitando maiores transtornos à população. Ele cita a recomposição da barragem no rio Uberaba, a melhoria da Estação de Tratamento de Água no Bairro Boa Vista e a implantação de 7,5 quilômetros de novas adutoras, o que melhora a distribuição e reduz perdas. Contudo, ele ressalta “a impossibilidade de controle sobre a natureza que nos impõe a estiagem prolongada”.

Ainda no campo do abastecimento de água, o Codau já prepara a licitação para a construção da terceira Estação de Tratamento e a reforma e automação das duas existentes, com recursos já liberados pelo Governo Federal da ordem de R$ 50 milhões. Veludo anuncia também a abertura de licitação do projeto da transposição definitiva do Rio Claro, além da pré-aprovação no Programa de Aceleração do Crescimento II (PAC II) da obra da adutora definitiva do Rio Claro e a construção de mais 3 centros de reservação, ampliando a capacidade da cidade em 18 milhões de litros.

  
 

 
 
 

Outras Notícias: CODAU



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub