Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Educação e Cultura

15/09/2017 - Pessoas com deficiência apresentam trabalhos de empreendedorismo em um ano do Grupo Labor

Projeto completa um ano com boas perspectivas para inclusão

Na segunda-feira (18), o Grupo Labor, desenvolvido pelo Departamento de Inclusão da Secretaria Municipal de Educação, completará um ano e a comemoração será com exposição de produtos e fotografias dos alunos que participam das oficinas, a partir das 14h, na Fundação Cultural de Uberaba. O objetivo do programa é inserir o empreendedorismo na vida de pessoas com deficiência. O projeto iniciou com apenas 15 alunos e agora já atende 70 pessoas, por demanda espontânea, como Instituto dos Cegos do Brasil Central (ICBC), Abrace e Sanatório Espírita.

A chefe do Departamento de Educação Inclusiva da Semed, Denise Scussel, considera esta exposição como uma pequena mostra da importância do Grupo Labor, onde os deficientes aprendem um ofício, como artesanato, reciclagem e até horticultura. “Alguns dos alunos já conseguem empreender sozinhos e fazem os produtos em casa para vender”, completa. Ela acredita ser uma oportunidade a quem, muitas vezes, ficava com tempo ocioso, em casa.

A Ana Maria Cipriano Bizinoto é mãe do Antônio Bizinoto, participante do Labor e conta que ele fica ansioso esperando as aulas. “Ele gosta muito e eu percebo no comportamento dele como o projeto tem sido bom”, observa.

Para Denise, o projeto Labor é um dos pontos da evolução da educação inclusiva na rede municipal que se tornou referência para a região, inclusive com a criação do Crei (Centro de Referência em Educação Inclusiva) e também das conquistas dentro das escolas, com as salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE), com um professor e um profissional de apoio para os alunos com necessidades especiais. Vale ressaltar que todas as 69 unidades escolares municipais têm uma sala de AEE. “O projeto Labor era um desejo de muito tempo, pois preenche uma lacuna da educação especial, pois a escola leva o aluno deficiente até certo, ponto, mas e depois disso? O Labor foi criado para atender a essas pessoas. São muitos percalços para a verdadeira inclusão da pessoa com deficiência, mas o projeto faz eles acreditarem em si mesmos e abre portas para descobertas e para o empreendedorismo”, comenta Denise.

As aulas do Grupo acontecem no Instituto dos Cegos, as segundas e quartas de manhã e no Cemea Boa Vista as terças e quintas à tarde.

Grupo Labor - Atende jovens com deficiência, egressos de instituições especializadas, escolas municipais e estaduais ou que ainda não terminaram seus estudos. A meta é trabalhar a autonomia profissional do adolescente com deficiência e, ainda, despertar a descoberta de capacidades técnicas úteis para o mercado de trabalho. O Labor insere-se na perspectiva da Secretaria Municipal de Educação de viabilizar e estimular a criação de mais políticas públicas voltadas para a educação especial no município. O projeto consiste na oferta de uma série de oficinas práticas como forma de despertar o interesse e o talento para variadas atividades. Artesanato, atividades domésticas, música, teatro, agricultura, higiene e empreendedorismo são algumas das vertentes trabalhadas no projeto.

Monica Cussi

Secom Prefeitura de Uberaba

 
 
 

Outras Notícias: Educação e Cultura



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub