Educação e Cultura

04/11/2015 - Nove escolas municipais receberão equipamentos de informática do ProInfo

Inclusão digital: no Jardim Copacabana, por exemplo, muitas crianças não têm acesso a computadores e internet


Os esforços do prefeito Paulo Piau e da secretária de Educação Silvana Elias, para a inclusão digital das 25 mil crianças da rede municipal, já estão surtindo efeito. As escolas municipais Arthur de Melo Teixeira, Boa Vista, Joubert de Carvalho, Prof. José Geraldo Guimarães, Profª Esther Limírio Brigagão, Profª Niza Marquez Guaritá, Profª Terezinha Hueb de Menezes, Uberaba e Frei Eugênio receberão, dentro de 60 dias, novos equipamentos para os laboratórios de informática, por meio do ProInfo. Cada um desses locais receberá dezoito microcomputadores e um servidor. Os laboratórios ProInfo estão instalados em 29 escolas de Ensino Fundamental, porém os equipamentos são antigos, de 2009.


Uma das unidades que não tem ainda um laboratório do ProInfo, é a E.M. Terezinha Hueb de Menezes, do Jardim Copacabana. A diretora Ana Lúcia Vieira acredita que a conquista será valorosa para o desenvolvimento sociopedagógico dos alunos. “O que para nós é uma realidade, muitas de nossas crianças não têm acesso à tecnologia. Estamos em um bairro de famílias menos favorecidas. Quando eles receberam as mesas pedagógicas, já ficaram empolgados, imagina quando vierem os computadores?”. Para ela, o trabalho pedagógico utilizando a tecnologia contribui muito para a interação do aluno com o mundo. “É a verdadeira inclusão digital”, analisa.


De acordo com o responsável pelo Departamento de Tecnologia e Informática Educacional (Detic), Luís Sérgio Carvalho, na Rede Municipal de Ensino de Uberaba, a presença das chamadas “novas tecnologias” ou, mais precisamente, das tecnologias da informação e da comunicação têm sido cada vez mais constantes no discurso pedagógico. A discussão em torno dos rumos da educação é, e deve continuar sendo, um dos focos principais para os educadores. “Nesse intuito, além do debate da reformulação da educação como um todo, vem à tona a inserção de novas tecnologias como ferramenta de apoio ao processo de ensino aprendizagem, visando a melhoria da qualidade do ensino”, comenta.


Luís Sérgio ainda ressalta que a discussão sobre a forma correta de utilização da tecnologia é um exercício permanente na rede, uma vez que, diariamente, desde a mais tenra idade e mesmo inconscientemente, o aluno está inserido e interagindo em um meio cada vez mais tecnológico.


Silvana Elias, secretária de Educação, espera com ansiedade a chegada dos equipamentos, porque eles representam um avanço na dobradinha educação e tecnologia, que é uma ferramenta poderosa para trabalhar o conhecimento e auxiliar no processo de ensino-aprendizagem. “Queremos nossos alunos cada vez mais conectados com o mundo, envolvidos em projetos que transformem suas vidas”, diz.


ProInfo - Inicialmente denominado de Programa Nacional de Informática na Educação, foi criado pelo Ministério da Educação, através da Portaria nº 522 em 09/04/1997, com a finalidade de promover o uso da tecnologia como ferramenta de enriquecimento pedagógico no ensino público fundamental e médio.


A partir de 12 de dezembro de 2007, mediante a criação do Decreto n° 6.300, o ProInfo passou a ser Programa Nacional de Tecnologia Educacional, tendo como principal objetivo promover o uso pedagógico das tecnologias de informação e comunicação nas redes públicas de educação básica.


Jorn. Monica Cussi
Comunicação SEMED 

 
 
 

Outras Notícias: Educação e Cultura



Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub