Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

Desenvolvimento Social

21/08/2013 - Programas de atendimento à população em situação de rua sofrem mudanças

Unidades de atendimento a população em situação de rua de Uberaba vão passar por mudanças. O assunto foi tema de discussão nesta terça-feira, dia 20, durante reunião na Prefeitura, e que contou com a presença de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), Secretaria de Trânsito e Transporte (Settrans), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Samu. O objetivo foi traçar diretrizes do trabalho que será desenvolvido visando diminuir o número de pessoas que estão em situação de rua no município.

Durante a reunião foram apresentadas as mudanças que serão feitas nas Unidades. A Ronda Social passará a ser chamada de Abordagem Social, e o Albergue agora é a Casa de Passagem. A diretora de Programas Sociais da Seds, Claudia Cristina, destaca que essa mudança segue a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais. “O serviço prestado a comunidade permanece o mesmo, o que muda são apenas os nomes, essa tipificação existe desde 2009. Mas o trabalho de abordagem continuará da mesma forma”, salientou.

Durante o encontro a diretora aproveitou a oportunidade para apresentar os dados registrados de atendimentos realizados à população em situação de rua no ano de 2012. Para a titular da Seds, Angela Dib, o momento foi importante para fortalecer as parcerias e levantar o que pode ser feito para sanar os problemas. “Somos uma rede de atendimento, e pretendemos ser referência neste trabalho, para isso vamos conscientizar também a população da importância de não dar esmola, e sim acionar a Abordagem Social” reforçou Dib.

Foto: Enerson Cleiton



Para o secretário da Settrans, cel. Emanuel Kappel o primeiro passo é fazer um diagnostico e identificar o porquê dessas pessoas estarem na rua e, posteriormente, combater essa causa, não apenas junto à população, mas nas escolas com projetos e de forma maciça. “Não adianta apenas fazer uma campanha, mas sim um projeto para trabalhar com as crianças e fazer a mensagem chegar aos pais. No entanto, para isso precisando do diagnostico, pois assim teremos a matéria prima a ser trabalhada”, pontuou o secretário.

O chefe de Gabinete Fernando Hueb acompanhou a reunião e acredita que é preciso ter um projeto que seja atuante com o público de rua, e uma campanha bem elaborada para conscientizar a população de Uberaba para que não dê esmola. “É preciso ter planejamento de ações e de rotina, para assim combater o problema pela raiz” ressaltou Hueb.

Outro ponto discutido foi à triagem realizada pela Guarda Municipal, Polícia Militar e SAMU juntamente com os técnicos que fazem a Abordagem Social. Para o tenente Romualdo da PM e para o chefe da GM, Mário Nelson Emerenciano, é de grande importância ser checado os antecedentes criminais destas pessoas. “A Assistência Social está de fato ajudando, mas temos sim que realizar a triagem criminal” destacou Tenente Romualdo.


Jorn. Elisa Kiosz 

 
 
 

Outras Notícias: Desenvolvimento Social



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub