Prefeitura Serviços Municipais Empresas Servidores Municipais Turismo Transporte Coletivo PPP Parceria Público Privada Portal da Transparência

AMVALE

31/10/2013 - Criação da RMTRIAL é discutida em Patrocínio

Criação da Região Metropolitana do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba foi discutida nesta quarta-feira (30), quando lideranças da Região do Alto Paranaíba estiveram reunidas em Patrocínio, no auditório do IFTM, para discutir, debater e avaliar a matéria. O objetivo foi continuar as discussões acerca da proposta de criação dessa Região Metropolitana envolvendo todos os setores da sociedade.

O prefeito local e presidente da Amapar (Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Paranaíba), Lucas Campos de Siqueira, ratificou seu apoio à iniciativa, para quem o surgimento da RMTRIAL vai significar “a concretização de um sonho pela execução de projetos comuns, bem como pela preservação da identidade e integração das duas nossas regiões”.

Ao destacar o empenho dos prefeitos Paulo Piau (Uberaba) e Gilmar Machado (Uberlândia), respectivamente, presidentes da Amvale (Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande) e da Amvap (Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba), o chefe do Executivo patrocinense avaliou que o encontro foi esclarecedor e fundamental para marcar a presença de todos os municípios agrupados, independente de tamanho.

Em sua fala, Paulo Piau citou dados específicos do Triângulo Mineiro [ou seja, não incluídos os do Alto Paranaíba], obtidos junto à Receita Estadual que diz que a região oferece 12% do ICMS arrecadado em todo o Estado. Em contrapartida, recebe 23% do bolo da receita gerada pelo imposto de circulação de mercadorias e serviços. “Portanto, nós somos uma região subsidiada por Minas Gerais. Então, essa história de dizer que o Triângulo Mineiro é uma região rica não é correta. Precisamos tirar essa capa de rico quando, na realidade, somos produtores de produtos primários”, diz.

Discutir a Região Metropolitana, na opinião de Paulo Piau, é discutir planejamento, o futuro e a integração. “É uma decisão colegiada do que fazer e como resolver os nossos problemas da saúde, da formação de mão de obra, seja, também, da industrialização da região. E contrapor Belo Horizonte que sempre marca nossa região de que não precisa de mais nada. Isso, no último século, tem prejudicado tanto o Triângulo Mineiro quanto o Alto Paranaíba, quando a onda de separatismo está sepultada e queremos a integração com Minas”, diz.

"É preciso aprofundar no assunto para que os municípios possam perceber os valores desse projeto, além de levantar as sugestões das lideranças do executivo, legislativo, empresários, instituições e clubes de serviços", observou o assessor de Gestão de Inovação de Patrocínio, José Neto.

O presidente da Câmara Municipal de Patrocínio, Cássio Remis Santos, disser que a proposição precisa ganhar o “coração dos mineiros e dos moradores do Alto Paranaíba”. Entretanto, diz acreditar que as regiões metropolitanas têm algumas peculiaridades que são particulares delas, exemplificando a destinação de recursos públicos com maior volume, que necessariamente requer a implantação de uma Agência de Desenvolvimento para cuidar da distribuição dos recursos de forma paritária, para que não haja concentração nas grandes cidades.

O secretário Executivo da Amvale, Antônio Oliveira, destacou que a reunião foi o cumprimento de um compromisso com a Amapar depois de cumpridas agendas com as outras quatro associações. “Estamos caminhando para a penúltima ação do trabalho da Comissão Organizadora da Região Metropolitana. Dia 11 próximo, em Uberlândia, na Amvap, e no dia 29, encerramos as atividades, em Uberaba”.

 Avaliou como altamente positivas as ações, na medida em que debateu com os municípios e suas lideranças o que vem a ser a RMTRIAL, para que todos os municípios estejam preparados para a aprovação do projeto pela Assembleia Legislativa.

Também os secretários municipais de Uberlândia Stoessel Ribeiro e Maurício Cassimiro falaram sobre o projeto, com temas concentrados na proposta de estudos para a implantação da RMTRIAL. Confirmaram para a próxima reunião, na sede da Amvap, dia 11, a apresentação dos estudos de viabilidade da Região Metropolitana, realizados, em conjunto pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e pela Uemg (Universidade Estadual de Minas Gerais), campus de Frutal.

Ao ressaltar que Paulo Piau participou de todos os eventos até agora realizados para tratar da RMTRIAL, Stoessel chegou a defender seja conferido um troféu ao prefeito de Uberaba e presidente da Amvale pelo seu empenho incansável em defesa da ideia da Região Metropolitana.

A proposta - O projeto de criação da RMTRIAL, de autoria da deputada Liza Prado (PROS), está em tramitação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e tem sido amplamente debatido em audiências públicas promovidas pela Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização em vários municípios. De acordo com o projeto de lei complementar, 66 municípios farão parte da região metropolitana, sendo que oito cidades terão influência estratégica como polos microrregionais: Uberlândia, Uberaba, Araxá, Araguari, Frutal, Ituiutaba, Patos de Minas e Patrocínio.

Lúcio Castellano

 
 
 

Outras Notícias: AMVALE



Voltar
Prefeitura Municipal de Uberaba
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Twitter Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub