Prefeitura

Você está em: Prefeitura Municipal de Uberaba > Prefeitura > Secretaria de Defesa Social > Defesa Civil > Raios ou Relâmpagos

Raios ou relâmpagos

Um raio, relâmpago ou corisco é uma das mais violentas manifestações da natureza, podendo produzir uma carga de energia extremamente danosa às pessoas e às edificações.

 Os raios acontecem com variadas intensidades, provocando incêndios, quebrando estruturas, derrubando árvores, abrindo buracos e valas no chão e até matando animais e pessoas. Ao redor da Terra caem cerca de 100(cem) raios por segundo. 

No Brasil, especialmente nas regiões Sul e Sudeste, a incidência é de 25.000.000 (vinte e cinco milhões) de raios por ano, sendo que a maior  quantidade se dá no período de dezembro a março, que coincide com o período de verão chuvoso, provocando vítimas de toda ordem.

 A maioria das vítimas é atingida ao ar livre, nas proximidades de árvores, na água ou em local descampado.  Não obstante, outras situações oferecem risco, até mesmo no interior de residências.

A melhor proteção contra raios é a instalação de pára-raios, aparelho inventado por Benjamin Franklin, em 1.752. Referido aparelho é constituído de 03(três) elementos principais, a saber:

  • Mastro com captador, Aterramento e Cabo de ligação preso a isoladores.

MEDIDAS PREVENTIVAS

  • Se possível, instale um pára-raios;
  •  Evite permanecer em espaços abertos, praias, embarcações, topo de elevações e de árvores, redes de alta tensão, torres, cercas metálicas, varal de roupas metálico, num veículo com a porta ou janela aberta, sobre um cavalo ou um trator;
  • Em casa, afaste-se de objetos metálicos, janelas e portas abertas, não tome banho, não fale ao telefone e desligue aparelhos elétricos das tomadas.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

  • O refúgio mais seguro é uma construção sólida protegida com pára-raios, automóveis com as janelas fechadas, cavernas ou um grupo de árvores (bosque);
  • Durante uma tempestade ou chuva forte, ao presumir que pode ser atingida por um raio, nunca deite no chão, apenas se agache e adote a posição de proteção sugerida em caso de proteção em aeronave;
  • Se houver um grupo de pessoas próximas, elas devem se espalhar imediatamente. 

DANOS ESTRUTURAIS

 Após situações de emergência, sinistros e desastres, torna-se imperativo fazer uma avaliação das estruturas físicas e dos danos causados, o que deve ser feito imediatamente, por profissionalqualificado. Em tese, as causas do mau funcionamento de edificações residenciais urbanas são as mais diversas, tendo como origem principal um dos seguintes fatores:

  • Deficiência de projeto;
  • Deficiência de execução;
  • Excesso de sobrecarga;
  • Má conservação;
  • Impacto ou demolição parcial.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

  • Os defeitos tornam a estrutura ineficiente, podendo causar trincas, deformações ou lesões mais graves, até mesmo provocando um desabamento;
  • A conservação das construções é de responsabilidade exclusiva dos proprietários e, segundo a lei, respondem civil ou criminalmente por qualquer dano que a edificação venha a causar a terceiros.

INDÍCIOS DE RISCO ESTRUTURAL

  •  Em princípio, trincas profundas são indícios de funcionamentoinadequado e, em tese, significa comprometimento significativo da edificação;
  • Quando a estrutura trabalha e chega a estalar, é sinal que o material está “esmagado”, indicando um processo grave de comprometimento;
  • Trincas horizontais e/ou verticais ao longo de arestas de vigas e pilares indica a corrosão do aço e/ou a deterioração do concreto;
  • Concreto com manchas avermelhadas ou castanho-avermelhadas configura corrosão no aço e comprometimento da estrutura;
  • Aço exposto, com corrosão, indica deficiência grave na cobertura de proteção;
  • Concreto armado deteriorado requer recuperação com técnicas e materiais adequados para reparar o dano.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

  • Não utilize mão de obra desqualificada e sem o credenciamento próprio;
  • Qualquer obra necessita de um engenheiro responsável e habilitado pelo Conselho Regional de Engenharia;
  • Antes de contratar o profissional responsável, autônomo ou empresa, verifique a idoneidade e demais requisitos de habilitação, exigindo um detalhamento completo da obra;
  • Por força de lei, a obra deve ter garantia. Fique atento e certifique-se.

 

Voltar
Fique por dentro dos nossos canais sociais:

Facebook Prefeitura de Uberaba Instagram Prefeitura de Uberaba Whatsapp Prefeitura de Uberaba
Prefeitura Municipal de Uberaba - Todos os direitos reservados.
Av Dom Luiz Maria Santana, 141 - CEP.: 38061-080- Uberaba - MG - Tel.: (34) 3318-2000
Atendimento ao Público: Das 12h às 18h.
Desenvolvido por: Codiub